Funcionários do Banco do Brasil aprovam novo acordo coletivo

Novo ACT significa garantia de direitos aos trabalhadores pelos próximos dois anos

 

Com 61,21% dos votos, os funcionários do Banco do Brasil aprovaram, em assembleias realizadas em todo o país, o novo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), nesta quinta-feira (1º). Na base territorial do Sindicato dos Bancários de Caxias do Sul e Região o índice de aprovação do novo ACT foi de 51,76%. O documento segue, agora, para a fase de assinatura, prevista para esta sexta-feira (2).

“Foram dez rodadas de discussões intensas, onde sofremos várias tentativas do banco de reduzir direitos, a principal delas, foi a tentativa de reduzir os ciclos de avaliação da Gestão de Desenvolvimento por Competências (GDP). Esse resultado, para nós é um reconhecimento da base, formada por trabalhadoras e trabalhadores de todo o país, desse esforço para consolidar os direitos já conquistados”, avaliou o coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), João Fukuaga.

Além de manter direitos, o novo ACT também obteve avanços à categoria, sendo a principal delas a revisão da tabela PIP, da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ), que impactará em mais recursos à aposentadoria dos trabalhadores do BB. Clique aqui para ver as demais conquistas do novo ACT específico do BB.

 

Fonte: Contraf-CUT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezesseis + vinte =